Archive for Julho 2012

Meu melhor amigo

Meu melhor amigo é assim:


Parece menino
Mas me abraça como homem
Parece franzino
Mas me protege feito urso
Parece calmo
Mas há uma tempestade dentro dele.

Meu melhor amigo faz coisas assim:

Carrega-me Brasil à fora
fazendo festim.
Inventa moda e rimas sem fim.
Tira sarro de mim e
depois me exalta.
Me belisca e me abraça.
Céu, Terra e Inferno
perto dele não são nada.

Os dias sem ele são feito
limonada amarga.
Pois não sei mais viver
sem ver seu sorriso machadiano,
seu cabelo querendo ter cachos,
seus afagos inesperados.

Daniel Lira é pois por isso meu melhor amigo. Nenhuma descrição chegará à altura, e de minha parte, nem que eu esteja na Terra e ele Marte...
Nada nos separará.

p.s: Nem uma catraca.

Posted in | 4 Comments

Calor

Luz, escuro, luz, escuro

Quente, frio, quente, frio
Olho as luzes no túnel
E é a ti que procuro.

Mas nenhum sorriso é o teu
Nenhum gesto te representa
Nada acalma minha alma
E não te ter me atormenta.

Não foi à toa quando disse:
- És meu sol e estrelas,
A vida, minha amiga
Sem tu é triste.

Quero-te logo por perto
Certificar-me de que tua risada não mudou
Que tua mão ainda segura a minha
E o mundo não desabou.

Posted in , | 1 Comment