Archive for Março 2013

Doc.

A vida tem passado pelos meus olhos feito documentário brasileiro. Uma parte sobre o barulho do trânsito parado, as buzinas, o calor do asfalto, os grafites, pichações, moradores de rua, artistas de rua, aquelas pessoas que distribuem panfletos em troca de uma diária de cem reais. 
A outra parte é focada no meu caminho, as calçadas quebradas, com  lixos aqui e ali, os números das casas, as pessoas que passam por mim. 
Virei uma câmera sem querer. Ou talvez por querer mesmo. Apenas pra registrar e refletir sobre o que tem acontecido nos últimos dias. É um caminho solitário. Tenho estado muito tempo sozinha. Cansa.
Eu não sei dizer o que tem acontecido nos últimos dias. Minhas filmagens não voltam e provavelmente não voltam por serem um tanto doloridas ou cheias de sorrisos amarelos.
Nunca gostei da cor amarela. Exceto nas margaridas. Mas isso a gente releva e não dá lá muita atenção. Isso de ter a vida como documentário na própria mente é cansativo, você sabe o que vai acontecer a seguir, tem um roteiro que fica pronto sempre uma hora antes das gravações. A trilha sonora é impecável, encaixa com uma maestria que até assusta, arrepia.
Queria que essa visão de documentário passasse.
Afinal, "a gente não tem como saber se vai dar certo".

Leave a comment

recado

A gente tem dessas coisas, sabe?
De fugir de foto, de chuva, de vacina e amor mal-curado.

2 Comments