"Toma, pra ti"

Eu lembro quando ela disse: "Quem ganha na loteria nunca vai ter isso".
Ela se referia a amizade.
Uma coisa sem esforço algum. Não nasce com a gente, não escolhemos, não planejamos, apenas acontece. Uma coisa que vem de graça e eu dava em dobro, em triplo para receber o dobro do triplo elevado ao quadrado multiplicado por mil. Eu dava o que podia, as vezes era um googolplex de coisas, às vezes era só um café. E sempre ocorria aquela vontade boba de rir por qualquer besteira. E as lágrimas saem tão fáceis, riem junto com a gente. Por tudo, por nada. A cumplicidade, o carinho e a compreensão que podem acontecer longe ou pertinho, uma do lado da outra, na esquina, na fronteira, no pôr do sol.
Às vezes vinha o momento sério, mas é só pra organizar um pouco a bagunça que nos rodeia. Pra fincar os pés no chão, sentir a areia, a grama, o vento, o mar.
E antes, eu pensava porque fui privada por tanto tempo sem ela. Mas daí lembrei que antes, não éramos o que somos agora. Nem uma de nós duas. Eu sei que não. Ela concorda. Hoje não penso mais no porquê da demora. Apenas aproveito o agora.
As coisas chegam no tempo certo. Eu sei. Não adianta fazer promessa, jejum, sacrifícios. Se for pra acontecer, vai acontecer. Planejar pra quê? "Quem ganha na loteria nunca vai ter isso".
É verdade. Nunca mesmo.
Por isso eu venho aqui, mostro-me cheia de erros, defeitos, chatices, birras, risos, piadas, bebidas, historinhas em guardanapos, livros, filmes, cafés... Venho e te mostro como sou em todos os momentos, em todos os tempos e te digo: "Vamos que podemos".
Então tento colocar tudo dentro de uma caixinha.
E te falo: "Toma, pra ti".

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

5 Responses to "Toma, pra ti"

  1. Nara says:

    A amizade é uma das poucas coisas que não tem nada a ver com o resto. Ela se nutre sozinha, de si mesma.

  2. Nathy. says:

    Tu vais me achar muito bobona se meus olhos marejarem com lágrimas de felicidade?
    É que eu me surpreendo todas as vezes com essas tuas palavras, mesmo que em determinados momentos só façam sentido pra nós duas, Oskar. :D


    Obrigada.
    Amo você.

  3. Daniel Lira says:

    Nossa! lindo, leve, apaixonante, maravilhoso. É tão bom ter a oportunidade de ter pessoas como vocês por perto!! xD

  4. As pessoas reclamam de personagens caricatos. Mas o maior barato é encontrar esses personagens caricatos na vida real :)

  5. Ágda says:

    Eu conheci 4 personagens caricatos em 1.
    ;)