Sobre os Gozos


Os gozos são todos iguais na lambida
O que te diferencia dos demais é:
A velocidade da tua língua
Os teus dedos em mim
Todos aqueles sussurros sem fim

As minhas pernas já não me obedecem
E os líquidos escorrem
e parte percorre lábios, 
dentes, língua e
sua laringe enfim.


Poema de Bar III
co-autoria: Sony Ferseck e Suênia Feitosa

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

2 Responses to Sobre os Gozos

  1. Darlan says:

    Meu Deus! Perdoa-me a blasfêmia de clamá-lo profanamente, mas é divino.

  2. Hag says:

    Não direi o que me proporcionou. Não seria decente...

    http://umtaldehag.blogspot.com.br/